Joseph Smith, o adultero


                Na postagem Falso Argumento para a Poligamia Mórmon,  mostra que própria igreja reconhece que Joseph Smith,  vivia a poligamia por 12 anos antes de receber a dita revelação que introduziu a Lei de Sara ou lei do Sacerdócio (Poligamia) na igreja. Isso por si mostra que ele vivia em adultério, pois a lei apenas justifica as virgens dadas pela lei. Mas vamos analisar a Lei que ele mesmo inseriu na igreja.


                “[...] lei do sacerdócio: Se um homem desposar uma virgem e desejar desposar outra e a primeira der seu consentimento; e se ele desposar a segunda e elas forem virgens e não estiverem comprometidas com qualquer outro homem, então ele estará justificado; ele não pode cometer adultério, porque elas lhe foram dadas; pois ele não pode cometer adultério com o que lhe pertence e a ninguém mais. E se dez virgens lhe forem dadas por essa lei, ele não estará cometendo adultério, porque elas lhe pertencem e lhe foram dadas; portanto ele está justificado. (D&C 132:61-62)

          “[...] porque ela não acreditou e não o apoiou de acordo com minha palavra; e ela então se torna a transgressora; e ele será isento da lei de Sara, que apoiou Abraão de acordo com a lei, quando ordenei que Abraão tomasse Agar como esposa.” (D&C 132:65)

          “[...] Se um homem que possui as chaves desse poder tiver uma esposa e ensinar-lhe a lei do meu sacerdócio, no que concerne a essas coisas, ela deverá acreditar nele e apoiá-lo e ajudá-lo; caso contrário será destruída, diz o Senhor vosso Deus; pois eu a destruirei; [...]” (D&C 132:64)

Algumas Regras da Lei do Sacerdócio ou Lei de Sara (Poligamia)

1     1- Se as virgens não forem comprometidas com outro, o homem que tomou elas como esposas, está justificado e não está adulterando, pois elas passam a pertence-lo. Se as virgens forem dadas por essa lei, ele não está cometendo adultério.

4    2- Se a mulher não aceitar a lei, o homem está dispensado, mas a mulher será condenada por Deus.

5     3- O Homem que for casado deve ensinar essa lei para esposa, e ela deve aceitar ou será destruída por Deus.

Todas as mulheres que Joseph Smith teve antes dessa lei, podem ser consideradas como adultério, pois a lei apenas justifica aquelas virgens que foram dadas pela lei. Porém apesar disso, o desejo carnal de Joseph ultrapassa sua própria lei. Porque? Ele começa a tomar mulheres já casadas como esposa.

A lei diz: “e elas forem virgens e não estiverem comprometidas com qualquer outro homem, então ele estará justificado”. Quando Joseph Smith começa a se casar com mulheres casadas com outros homens que ainda estavam vivos, verificamos dois problemas: 1º- Elas já não eram mais virgens e 2º- Elas eram comprometidas.



Apesar de ter mais mulheres, mas vou citar essas que consegui retirar o registro no site oficial da igreja  new FamilySearch: Todas essas informações são registradas oficialmente.



1  *Francis Ward Alger (1816-1889)
1º Casamento em 1833 com Solomon Franklin Custer (faleceu em 1885)
2ª Casamento em 1835 com Joseph Smith Jr.

 *Zina Diantha Huntington (1821-1901)
1º Casamento em 1841 com Henry Bailey Jacobs (faleceu em 1886)
2º Casamento em 1842 com Joseph Smith Jr. (falecido em 1844)
3º Casamento em 1846 com Brigham Young

3    * Mary Elizabeth Rollins (1818-1913)
1º Casamento em 1835 com Adam Lightner (falecido em 1885)
2º Casamento em 1842 com Joseph Smith Jr. (falecido em 1844)
3º Casamento em 1846 com Brigham Young

* Prescendia Lathrop Huntington (1825-1892)
1º Casamento em 1822 com Heber Chase Kimball (Falecido - 1868)
2º Casamento em 1827 com Norman Buel (Falecido - 1872)
3º Casamento em 1841 com Joseph Smith Jr.

* Desdemona Wadsworth Fullmer (1809-1886)
1º Casamento em 1827 com Ezra Taft Benson (Falecido - 1869)
2º Casamento em 1829 com Harrison Parker Mc Lane (Falecido - 1835)
3º Casamento em 1842 com Joseph Smith Jr.

*Malissa Lott (1824-1898)
1º Casamento em 1824 com Ira Jones Willes (Falecido - 1863)
2º Casamento em 1843 com Joseph Smith Jr.

4
  Analisando a Lei e a atitude de Joseph Smith, concluímos que ele foi um adultero que se  fingiu de profeta para entre outras coisas, se aproveitar de mulheres e satisfazer seus prazeres carnais. Segundo informações oficiais 33% de sua esposas tinham entre 14 a 20 anos e 27% de 21 a 30 anos. Veja outra matéria sobre a poligamia de Joseph Smith no Site Central Mórmon

 Apesar das provas irrefutáveis dos adultérios de Joseph Smith, acredito que existirá alguns que irão defender dizendo que sente em seu coração que Joseph Smith não adulterou, isso é uma amostra de como as seitas deixam algumas pessoas tão cegas e apegadas a sentimentos enganosos que essas pessoas abrem a mão de ver a verdade e querem desesperadamente serem enganadas.

Que o Senhor abra nosso coração e nossa mente!

0 comentários:

Postar um comentário

Blog concluído!
Por isso não estarei retornando para responder comentários!

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

 

Reflexão Doutrinária Copyright © 2011-2012 | Powered by Blogger