Monte Cumora - Local Histórico ou Farsa Histórica?



          O Monte Cumora segundo o relato do Livro de Mórmon foi um local  de acontecimentos históricos fundamentais para os Mórmons. Neste local aconteceu uma guerra impressionante aprox. 385 d.C (depois de Cristo).

           Os nefitas (um dos povos do Livro de Mórmon) nessa época foram praticamente dizimados no monte Cumora, vamos ver o relato do Livro de Mórmon:

           “E aconteceu que marchamos para a terra de Cumora e armamos nossas tendas ao redor do monte Cumora; [...] E aconteceu que meu povo, com suas esposas e seus filhos, viu os exércitos dos lamanitas marchando em sua direção”  Mórmon 6:4-7

            Vamos imaginar a cena, todos os nefitas reunidos no Monte Cumora e os lamamitas (povo inimigo dos nefitas) marchando em sua direção. Continuando...


           “E aconteceu que caíram sobre meu povo com espadas e com arcos e com flechas e com machados e com toda sorte de armas de guerra.[...] E depois de haver em passado e abatido a todo o meu povo, com exceção de vinte e quatro.” Mórmon 6:9-11

           Vamos fazer uma conta por baixo de quantos morreram segundo o Livro de Mórmon: “E eis que os dez mil de Gidgidona haviam caído e ele também estava no meio. E Lamá caíra com seus dez mil; e Gilgal caíra com seus dez mil; e Limá caíra com seus dez mil; e Jeneum caíra com seus dez mil; e Cumeniá e Moronia e Antiônum e Siblom e Sem e Jós haviam caído, cada um com seus dez mil.” Mórmon6:13-14

Uma rápida conta de quantos nefitas morreram sobre comando de:

           Mórmon = 10 mil +  Gidgidona = 10 mil +  Lamá= 10 mil + Gilgal = 10 mil + Limá = 10 mil  +  Jeneum = 10 mil + Cumeniá= 10 mil + Moronia= 10 mil + Antiônum= 10 mil + Siblom = 10 mil + Sem= 10 mil + Jós = 10 mil  - Total = 120 mil

           Se considerarmos que morreram menos lamanitas colocando 80 mil por exemplo: teremos um número aproximado de 200 mil mortos no monte Cumora (Sem contar as mulheres e crianças nefitas). Número impressionante não é? Numero maior que muitas cidades brasileiras.


          Esse acontecimento é importante para igreja mórmon, pois foi no monte Cumora que Joseph Smith, desenterrou as placas de Ouro. E hoje as terras do Monte Cumora pertencem a igreja Mórmon. Isso é perfeito para igreja, pois finalmente podem provar que o Livro de Mórmon é verdadeiro e não um livro de historinhas inventadas.


Como isso pode provar a historicidade do Livro de Mórmon?


         Foi uma guerra monstruosa, onde se usou todo tipo de armamento de guerra (Mórmon 6:9), morreram mais de 200 mil pessoas, a igreja sabe a localização e é dona do local, facilmente pode ser encontrados, pedaços de flechas, armaduras, escudos, espadas, esqueletos. Uma simples escavação pode mostrar que suas histórias não são fantasiosas.  

          Mas a igreja ainda não encontrou nada? Não existe nenhum achado arqueológico dessa guerra no Monte Cumora? É encontrado achados de mais de 2000 a.C (antes de Cristo) que confirmam relatos Bíblicos, como não se consegue achar evidências de um evento grandioso ocorrido tão recentemente (385 d.C - depois de Cristo)?


           O que poderia ser uma confirmação da veracidade do Livro de Mórmon se tornou mais uma prova de sua falsidade. Lamentável, porém pura realidade.

           A falta de evidência em um local conhecido da história do Livro de mórmon mostra que tudo não passa de histórias imaginárias, o mais lamentável é que ainda engana muitas pessoas boas, honestas que vive acreditando em uma grande fraude. 




OUTRAS REFERÊNCIAS OFICIAS DA IGREJA

"Morôni selou as placas e escondeu-as no monte Cumora (Mórm. 8:14; Morô. 10:2)." (https://www.lds.org/scriptures/gs/moroni-son-of-mormon.p2?lang=por&letter=m) 

"MORÔNI, ANTES DA MORTE,ENTERROU OS REGISTROS NO MONTE CUMORAH, ONDE JOSEPH SMITH OS RECEBEU" (Gordon B. Hincley, A verdade restaurada,sumário)

"Este livro, que continha essas coisas foi escondidos na terra por Moroni, em uma colina chamada por ele Cumorah, que colina está agora no estado de New York, perto da aldeia de Palmyra, em Ontario concelho." (History of the Church, Vol I)

"Depois de terminar seus escritos, Mórmon entregou o relato a seu filho Morôni, que acrescentou algumas palavras suas e ocultou as placas no Monte Cumora." (Introdução do Livro de Mórmon)

Monte Cumora: "Pequena colina situada no oeste do Estado de Nova York, Estados Unidos da América. Ali, um antigo profeta chamado Morôni escondeu as placas de ouro contendo alguns registros das nações nefita e jaredita." https://www.lds.org/scriptures/gs/cumorah-hill?lang=por

"Morôni disse a Joseph que, quando chegasse o tempo certo, ser-lhe-ia permitido tirar as placas de ouro de seu esconderijo no Monte Cumora...(Lição 15: O Aparecimento do Livro de Mórmon, Manual da primária)

"O anjo Morôni aparece a Joseph Smith e conta a ele sobre o Livro de Mórmon escrito em placas de ouro no Monte Cumora." (https://www.lds.org/media-library/video/2010-06-04-chapter-3-the-angel-moroni-and-the-gold-plates-1823-1827?lang=por)  

"Antes de Morôni enterrar as placas, ele escreve a promessa ... Ele escondeu as placas no Monte Cumora"(https://www.lds.org/media-library/video/2010-12-54-chapter-54-the-promise-of-the-book-of-mormon?lang=por). 

" Qual é o nome do monte em que as placas estavam enterradas? (Cumora; ver Mórmon 6:6)" - (O Anjo Morôni Visita Joseph Smith, Primária 5: Doutrina e Convênios, 1996)


MONTE CUMORA UM FARSA HISTÓRICA

0 comentários:

Postar um comentário

Blog concluído!
Por isso não estarei retornando para responder comentários!

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

 

Reflexão Doutrinária Copyright © 2011-2012 | Powered by Blogger